Monthly Archives:janeiro 2019

toque-especial-customize-na-hora-da-compra

A customização está em alta e marca capixaba oferece o serviço extra sem custo aos clientes

O que leva um consumidor a retornar a uma loja? O atendimento de qualidade e exclusivo são um dos motivos que ajudam na fidelização. Por isso, uma empresa do Estado saiu na frente e criou um serviço personalizado que é feito no ato da compra, sem custo adicional para o cliente.

Funciona da seguinte maneira: ao escolher uma blusa, é dada a opção de customizar a peça com recortes, amarrações, decotes e outras modificações. Quem coloca a mão na massa, ou melhor, na tesoura, são as próprias vendedoras da Origens, em uma das quatro unidades de Vitória e Vila Velha.

Para alguns, pode até parecer uma medida simples, mas o empresário Rafael Miranda, diretor de criação da marca, garante que a implementação desse serviço trouxe bons resultados para as vendas. De acordo com ele, existia uma demanda por esse trabalho manual.

“O nosso público, em especial o feminino, já tinha o costume de customizar algumas peças em casa. Então nós pensamos: por que não fazer isso por eles? A partir daí nós nos organizamos e hoje fazemos tudo quando é tipo de customização. A criatividade é o limite”, afirma Rafael.

Origens
Lojas: Praia do Canto, Jardim Camburi, Shopping Vitória e Shopping Praia da Costa
Loja online: https://www.sejaorigens.com.br/
@sejaorigens

0 Comments
Share
conheca-as-novidades-da-nova-lei-do-distrato

Principais mudanças trazidas pela Lei 13.786/18 que disciplina o distrato nos contratos de compra e venda e similares

A insegurança jurídica se intensificou na última década em relação aos contratos imobiliários. Nesse período verificamos um grande incremento da indústria da construção civil, gerando aumento considerável na quantidade de conflitos judiciais em razão de interpretações judiciais nem sempre em consonância com as cláusulas dos contratos celebrados.

Para pacificar as principais questões relacionadas ao tema em 27 de dezembro de 2018, o governo federal sancionou a Lei 13.786, sendo disciplinadas regras atinentes aos negócios jurídicos que envolvem imóveis, alterando também, por consequência, as leis federais  4.591/64e 6.766/79, que versam, respectivamente, acerca da incorporação imobiliária e o parcelamento do solo urbano (loteamentos)

Outra inovação importante da Lei 13.786 é a que trata do direito do adquirente à informação sobre aspectos essenciais da contratação; a admissão da comissão de corretagem e da cláusula de tolerância; o direito de arrependimento; o distrato e a retenção de valores pagos.

Agora os contratos imobiliários deverão conter quadro-resumo que contemple os  principais dados relativos ao negócio jurídico celebrado; os valores envolvidos; qualificação do imóvel; prazos; extinção do vínculo contratual e as suas consequências.

O que deverá constar no quadro – resumo do contrato de forma clara e destacada?

As primeiras informações serão relativas ao preço total a ser pago, a forma de quitação, aos valores e vencimentos das parcelas com destaque para o montante de entrada à vista.

A segunda informação deverá ser sobre o índice da correção monetária aplicável e quando houver mais de um , o período de aplicação de cada , assim como as taxas de juros eventualmente estipuladas, especificando se mensais ou anuais, nominais ou efetivas e o sistema de amortização.

O quadro-resumo deverá também possuir a informação referente à corretagem, condições de pagamento e identificação precisa do beneficiário. O contratante terá também o direito de ter conhecimento prévio sobre o número do registro do memorial de incorporação, a matrícula e a identificação do cartório competente.

Deverão ser explicitadas as informações acerca dos ônus que recaiam sobre o imóvel, em especial quando o vincule como garantia real do financiamento destinado à construção.

O termo final para a obtenção do habite-se e os efeitos contratuais da intempestividade deverão ser comunicados ao adquirente, bem como o prazo para a quitação das suas obrigações.

O direito de arrependimento e as consequências da rescisão contratual devem estar informados de forma clara com destaque negritado para as penalidades aplicáveis e para a devolução de valores ao adquirente.

Identificada a ausência de quaisquer de qualquer uma destas informações, no prazo de 30 dias, será possível o aditamento do contrato, findo o qual, se não regularizado, caracterizar-se-á justa causa para rescisão.

A cláusula de tolerância, que já constava na maioria dos contratos imobiliários e nas interpretações jurisprudenciais, foi normatizada pelo legislador, admitindo a entrega do bem em até 180 dias corridos da data contratual para a conclusão do empreendimento, desde que expressamente pactuada, de forma clara e destacada, “não dará causa à resolução do contrato por parte do adquirente nem ensejará o pagamento de qualquer penalidade pelo incorporador”.

E após 180 dias de atraso contratual para a entrega da obra ?

Ultrapassado este prazo, poderá ser promovida a resolução do contrato pelo adquirente, desde que não tenha dado causa ao atraso, sem prejuízo da devolução, em até 60 dias corridos contados, da integralidade de todos os valores pagos e da multa, com as correções devidas.

Na hipótese de se estender por prazo superior a 180 dias e não se tratando de resolução do vínculo jurídico, será devida ao adquirente adimplente indenização de 1% do valor efetivamente pago à incorporadora, para cada mês de atraso, pro rata die, atualizando-se conforme índice estipulado em contrato.

A mora no cumprimento da obrigação, em hipótese alguma, poderá ser cumulado com a multa que trata da inexecução total da obrigação.

Os contratos firmados em stands de venda, ou fora do estabelecimento comercial, admitirão o direito de arrependimento por parte do adquirente, que deverá ser exercido durante o prazo “improrrogável de 7 dias, com a devolução de todos os valores eventualmente antecipados, inclusive a comissão de corretagem”.

Para a sua formalização, exige-se que o adquirente encaminhe carta registrada, com aviso de recebimento, considerado dia da postagem como data inicial da contagem do prazo. No entanto, poderão as partes, em comum acordo, definir condições diferenciadas das mencionadas, por meio de instrumento específico de distrato, desde que não se caracterize abuso de direito pelo fornecedor.

Os efeitos jurídicos do desfazimento do contrato, mediante distrato ou resolução por inadimplemento absoluto de obrigação por parte do adquirente, foram arregimentados no que tange aos prazos e devolução de valores, deduzida a integralidade da comissão de corretagem.

A nova “Lei dos Distrato” se aplica a contratos assinados antes de sua publicação ou apenas a contratos posteriores a 27-12-2018?

A Lei nº 13.786/2018 não se aplica a contratos anteriores à sua vigência. E é assim porque os fatos são regidos pelas leis da época dos fatos. Há precedentes no sentido de que a lei nova não se aplica a contratos pretéritos, nem mesmo quanto a efeitos futuros desses contratos (STJ, REsp nº 45.666 e STF, 134.570, apenas para exemplificar)

Portanto, apenas contratos assinados após o advento da Lei nº 13.786/2018 serão por ela regidos.

0 Comments
Share
estudante-que-disponibilizou-livros-de-direito-em-site-sem-autorizacao-e-condenado

Aluno deverá indenizar associação referente ao valor correspondente ao preço de mercado de 3 mil exemplares.

A 9ª câmara de Direito Privado do TJ/SP manteve decisão que condenou dono de site por disponibilizar, na internet, sem autorização, acesso a conteúdos de obras literárias. Para o colegiado, a prática causa impacto na venda dos livros originais, causando prejuízos a todos titulares dos direitos autorais.

A Associação Brasileira de Direitos Reprográficos ajuizou ação contra o estudante ao ter ciência de que ele disponibilizava em site de sua autoria, sem autorização, livros sobre Direito Previdenciário, Administrativo, entre outros, cujos direitos autorais pertencem às editoras associadas à entidade.

Em 1º grau, o estudante foi condenado a retirar as obras do site e a pagar à associação de editoras o valor correspondente ao preço de mercado de 3 mil exemplares.

Diante da decisão, o estudante recorreu alegando que jamais realizou a reprodução de obras literárias, restringindo-se a mera disponibilização dos livros em arquivo eletrônico a outros estudantes do seu curso de graduação, com estrita finalidade acadêmica.

No TJ/SP, o desembargador José Aparício Coelho Prado Neto não deu razão aos argumentos do estudante. Para ele, ainda que inexista prova da vantagem econômica direta em razão da disponibilização das obras literárias, “é certo que tal prática causa impacto na venda dos livros originais, publicados pelas editoras associadas à autora, causando prejuízos a todos titulares dos direitos autorais, fato que enseja a reparação de danos postulada na petição inicial”.

Assim, manteve o valor fixado em 1º grau da indenização.

Veja a íntegra do acórdão.

Fonte: migalhas

0 Comments
Share
preparativos-para-carnaval-de-vitoria

O camarote Moqueca 027 traz exclusividades para a avenida no Carnaval de Vitória e as vendas já chegam ao segundo lote

Abram alas para o espaço que promete ser o maior fervo do carnaval de Vitória. O Camarote Moqueca 027 é a junção da cultura capixaba, entretenimento e conforto no mesmo lugar. O espaço, que é all inclusive nos dois dias, terá uma sexta-feira ousada e o sábado repleto de novidades e exclusividades. Dois dias simplesmente imperdíveis, perfeitos para quem busca assistir aos desfiles em alto estilo.

Quem assume a decoração do Moqueca 027 no Carnaval de Vitória é Cássio Domingues e a sua Maison Rosé. Já o layout fica por conta de Romis Carmo, da Plim Design, e quem assina a produção geral do camarote é Cláudio Gracio. A Pipocando também traz para a avenida as pipocas gourmet de diversos sabores, queridinhas pelos capixabas.

Carnaval de VitóriaPara sentir o samba bem de perto neste carnaval de vitória e a emoção de quem desfila nas escolas, o camarote ficará localizado no Setor ‘K’ – localizado ao lado do varandão. O espaço terá uma super estrutura, DJ nos intervalos, bebidas variadas e de qualidade, e comidas preparadas pelo renomado Chef Gabriel Junior. Além de espaços de massagem e maquiagem, cabine de fotos e uma decoração inédita e exclusiva, bem do jeito que o capixaba merece. Na sexta-feira (22), a novidade fica por conta do Rock ‘n’ Roll. Durante os intervalos do desfile das escolas de samba, o espaço será animado pelo gênero musical que envolve muitos capixabas.

E quem quer fazer parte do camarote precisa correr, pois as vendas já chegaram ao segundo lote e a previsão é de sold out. Lembrando que o espaço funcionará na sexta (22) e sábado (23), e as vendas estão sendo feitas através do site moqueca027.com.br, welcomeshop.com.br e nos Pontos de Vendas: Bagaggio (Shoppings Vitória, Mestre Álvaro, Praia da Costa e Boulevard), Indus (Shopping Vitória, Vila Velha e Moxuara), Acqua (Centro de Guarapari), Divas (Centro de Cachoeiro) e  Art & Corpo (Centro de Anchieta e Piúma).

Os ingressos, limitados a 450 pessoas/dia, seguem com os seguintes valores: sexta-feira (22) R$ 150 (meia), sábado (23) R$390 (meia), e o combo – com os dois dias – R$460 (meia).

SERVIÇO
Camarote Moqueca 027 – all inclusive
Setor K (espaços depois do varandão)
Endereço: Sambão do Povo – Rua Dário de Lourenço Souza, s/n, Mário Cypreste – Vitória Data: 22 e 23 de fevereiro, sexta e sábado
Ingressos (2º Lote):
Sexta-feira (22): R$300,00 (inteira) /R$150,00 (meia)Sábado (23):  R$790,00 (inteira) / R$390,00 (meia)
Combo – com os dois dias, R4$920,00 (inteira) / R$460,00 (meia)
Open Bar: Cerveja, refrigerante, espumante, água e suco.
Open Food: Ilhas de caldo, frios, salgados e comida de boteco
Venda online: www.moqueca027.com.br e www.welcomeshop.com.br
Pontos de Vendas: Bagaggio (Shoppings Vitória, Mestre Álvaro, Praia da Costa e Boulevard), Indus (Shopping Vitória, Vila Velha e Moxuara), Acqua (Centro de Guarapari), Divas (Centro de Cachoeiro) e  Art & Corpo (Centro de Anchieta e Piúma).
Classificação: 18 anos
Mais Informações: Destemida Marketing e Comunicação

Ordem dos Desfiles – LIESES
Quinta (21/02/2019)

  1.    Mocidade Serrana
  2.    Mocidade da Praia
  3.    União Jovem de Itacibá
  4.    Independente de Eucalipto

Sexta (22/02/2019)

  1.    Andaraí
  2.    Barreiros
  3.    Rosas de Ouro
  4.    Independente de São Torquato
  5.    Chega Mais
  6.    Tradição Serrana
  7.    Chegou o que Faltava
  8.    Império de Fátima

Ordem dos desfiles – LIEGES
Sábado (23/02/2019)

  1.    Imperatriz do Forte;
  2.    Piedade;
  3.    Mocidade Unida da Glória (MUG);
  4.    Pega no Samba;
  5.    Boa Vista;
  6.    Novo Império;
  7.    Jucutuquara
0 Comments
Share
revitalizacao-facial-rejuvenescimento-nutricao-e-hidratacao-profunda-da-pele

Através de um conjunto de procedimentos não invasivos, é possível conquistar a sonhada pele de pêssego

Diariamente expomos nossa pele a agressões como exposição solar, poluição, vento, fumo, a formação de radicais livre no nosso organismo, que somados provocam grandes danos e aceleram o envelhecimento precoce da pele. Atualmente existem inúmeros recursos para suavizar os estragos. Graças aos avanços na estética e na cosmetologia, é possível promover a recuperação da pele através de cosméticos com princípios ativos capazes de repor vitaminas, nutrientes essenciais à saúde da pele. Principalmente durante o verão, é importante alguns cuidados extras.

Um procedimento simples, não invasivo e que ajuda a manter a pele nutrida e hidratada, é a revitalização facial. Ela é obtida através de tratamentos que devolvem nutrição a pele, regenera os tecidos e rejuvenesce, proporcionando um equilíbrio da textura e aparência da pele.

Uma pele nutrida e bem hidratada tem oleosidade controlada, textura lisa e macia, sem poros dilatados ou outras irregularidades. Uma outra excelente opção são os peelings. Ele pode ser mecânico (esfoliação comum), químico (através de aplicação de ativos na pele), além de existir também os peelings de diamante e cristal. É através dos peelings que se consegue remover extrato córneo afinando a pele, eliminando o acúmulo de queratina da superfície da pele promovendo a renovação celular e possibilitando a penetração de princípios ativos dos cosméticos utilizados para hidratar, nutrir, clarear e estimular formação de colágeno.

A biomédica Nathalia Volpi, da Naked Estética explica: “Aliado a limpeza de pele, a hidratação e nutrição são obtidas através da aplicação de cosméticos em formas de máscaras faciais com princípios ativos capazes de reestruturar a pele, repondo a hidratação, aminoácidos e nutrientes essenciais”.

A revitalização facial além de promover uma maior hidratação da pele, promove suavização de linhas de expressão, ajuda clarear manchas, melhora o viço e a diminuição da flacidez. O tratamento indicado e quantidade de sessões é determinada após avaliação da pele e de acordo com Nathalia, logo após a primeira sessão, já é possível notar melhora na pele.

É importante lembrar que incluir na rotina diária cuidados básicos de beleza é essencial para manter a saúde da pele. “Além de procurar um profissional que realize o procedimento de revitalização facial de acordo com a sua necessidade, para potencializar e prolongar os resultados é indispensável criar o hábito de cuidar da pele dia a dia”, orienta Nathalia.

Dentre esses cuidados estão a limpeza da pele com sabonete específico, uso tônico para equilibrar o PH da pele, hidratante facial e produtos que podem ser manipulados ou comprados prontos que possua ação no clareamento, estímulo de colágeno, melhora da oleosidade, poros dilatados entre outras queixas. O produto usado deve ser específico para cada tipo de pele. A aplicação do filtro solar diariamente, com reaplicação de acordo com o fabricante são de suma importância.

Com a união dos procedimentos profissionais e da manutenção caseira, o resultado de uma pele rejuvenescida, nutrida e viçosa é inevitável!

0 Comments
Share

O Shopping Vitória acaba de lançar a ação “I Love Gelato”. Até o próximo dia 10 de fevereiro, quatro sorveterias do centro de compras vão oferecer verdadeiras delícias que prometem abaixar as temperaturas do verão.

Cada sorveteria participante servirá uma sobremesa pelo valor único de R$14,90. Na loja Coelhinho, a sugestão é a Banana Split, composta por duas bolas de Gelato (sabores a escolha do cliente), banana, chantilly, com calda de chocolate, castanha de caju e cereja por cima.

No quiosque da Freddo, a dica é o Sundae. Um sorvete de doce de leite (Argentino!) sobre uma base de mini brownies. A sobremesa é decorada com calda de chocolate e creme. Já na Cremino, a opção da casa é o Brownie Artesanal de chocolate belga (que delícia), acompanhado de nozes e avelãs com gelato no sabor Cremino, feito do leite puro.

Outra boa pedida do circuito “I Love Gelato” vem da Bamboo, que serve sorvete na chapa. A opção da loja é o Rolled Tacos:  um Gelato servido em formato de taco.

Quem provar as sobremesas servidas em todas as quatro sorveterias participantes poderá concorrer a prêmios para degustar outras delícias dos estabelecimentos. Basta solicitar o passaporte no primeiro ponto de parada e pedir que o atendente cole um adesivo no verso indicando que você esteve no local participando do “I Love Gelato”. Após completa-lo é necessário se dirigir ao SAC do Shopping Vitória com passaporte do circuito para retirada do voucher de cada prêmio.

Serviço:

I Love Gelato

Quando: de 21 de janeiro a 10 de fevereiro

Onde: nas sorveterias participantes do Shopping Vitória. São elas: Freddo, Bamboo, Cremino e Coelhinho

Valor do combo: R$ 14,90 (uma sobremesa)

0 Comments
Share
baile-voador-promove-festival-de-musica-com-atracoes-nacionais

Evento abre o mês de fevereiro já no clima de Carnaval, reunindo os novos nomes da cena musical brasileira para o Ilha Shows, em Vitória, na noite do dia 1º.

Resgatando o charme dos tradicionais bailes, o Baile Voador irá promover um esquenta de Carnaval na noite desta sexta-feira, 1º de fevereiro, ao reunir atrações de peso em um festival no Ilha Shows, em Vitória. Nomes locais, como a dupla Los Noronha, a cantora Gabriela Brown, a mulherada do BatuQdellas, a turma do Som de Fogueira e o projeto Bota Som Oficial, vão dividir o palco com duas atrações nacionais – o fenômeno pop baiano ÀTTØØXXÁ e a carioca Mc Pocahontas.

Em seu sexto ano, o Baile Voador ganha uma edição inédita em formato “festival” multiplataforma, indo para além do Carnaval. Segundo Bruno Lima, da Sagui Produções, o baile nasceu com o propósito maior de fomentar a cultura autoral capixaba, indo além do Carnaval. “O Baile Voador funciona como um evento que celebra a alegria, antes, durante e após o Carnaval. Buscamos abraçar outros movimentos culturais para celebrar a diversidade do que acontece em Vitória”, explica. Hoje a “franquia” Baile Voador segue como agenda obrigatória da cena local, com desdobramentos que percorrem desde a energia dos blocos do Centro até a musicalidade da Rua da Lama, em Jardim da Penha.

Nesse sentido, o Baile Voador Festival da próxima sexta-feira (01/2) vai mais além e promove a união entre música e arte. O artista plástico mineiro Rodrigo Britto irá realizar um “live painting”, pintura em tempo real, durante o evento de um painel de mais de dois metros de comprimento. Rodrigo, que acumula fama nacional e internacional, foi notícia recentemente ao assinar o painel que ocupa o saguão do novo aeroporto de Vitória. Para o festival, o artista revela que sua inspiração será a diversidade, já que o Carnaval é uma festa popular, para todos.

E mais, em uma parceria com o La Tinta Tattoo Studio, o Baile Voador vai contar, ainda, com flash tattoos durante o evento. Serão mais de 60 desenhos disponíveis para tatuagem, pelas mãos de quatro profissionais de peso, os quais Heder Alves, Vam Hallen, Ramon Martins e Monique Löbach.

DA BAHIA AO RIO
A pluralidade musical é uma das assinaturas do Baile Voador Festival. As atrações concentram músicos de três estados brasileiros, dois deles grandes expoentes da música popular – Bahia e Rio de Janeiro.

Os baianos do ÀTTØØXXÁ buscam romper barreiras com sua sonoridade pop, dando destaque a questões que envolvem respeito e liberdade, que dizem muito sobre a necessidade de incluir a massa como protagonista em um novo contexto dentro das manifestações da música baiana, como o Carnaval. Da Baixada Fluminense, a Mc Pocahontas leva o “girl power” e o empoderamento feminino para o seu funk, conquistando seu lugar ao sol com o ritmo que hoje é sinônimo de brasilidade nos quatro cantos do globo.

O Espírito Santo, por sua vez, vem sendo muito bem representado pela diversidade musical traduzida no line-up de atrações. O grupo BatuQdellas mostra a que veio com uma bateria formada exclusivamente por mulheres, um dos hits do Carnaval de rua de Vitória. Já o duo Los Noronha promove uma salada musical ao misturar ritmos bem brasileiros, onde a ordem maior é não ficar parado. A cantora Gabriela Brown irá levar suas composições autorais para o palco do Ilha Shows. O projeto Bota Som Oficial, por sua vez, que ocupa semanalmente a Rua da Lama, vai eleger uma turma de DJs para incendiar a pista do baile.

Outra novidade que passa a integrar a programação do Baile Voador é o Som de Fogueira, em uma iniciativa que busca incentivar o consumo de música local pelos turistas e pelos próprios capixabas.

SOM DE FOGUEIRA CANTA JUNTO
A estratégia de campanha pro Festival de carnaval Baile Voador é lançar em cada edição uma música inédita em parceria com músicos locais. As músicas serão lançadas com exclusividade na página do YouTube do Projeto Na Lama (https://goo.gl/4FCiwp). A expectativa do Som de Fogueira é, em agosto, lançar um álbum com essas canções inéditas, listadas a seguir.

01/02 – Apresentação da música “Se liga na Blitz”, com participação do músico Flávio Marão, da banda projeto Feijoada, no Baile Voador Festival, Ilha Shows
01/03 – Apresentação da música “Me abraça”, com participação do Forró Bemtivi, no Baile Voador, Ilha Shows.
06/03 – Apresentação da música “Fernanda”, com participação da cantora Fernanda Montalvão, no Embrazado (quarta de cinza Voa Carnafogueira)

CARNAVAL EM FEVEREIRO E MARÇO
O festival promete ainda ser um “esquenta” do que vem por aí. Segundo Bruno Lima, da Sagui Produções, o calendário de festividades em 2019 promete movimentar Vitória, com eventos que seguem agora do início de fevereiro até a quarta-feira de cinzas, em março.

Além do Baile Voador Festival, Bruno revela que o já tradicional Bloco das Magrelas Voadoras irá colorir as ruas da capital no domingo, 17 de fevereiro. Em seguida, já durante o Carnaval, o Baile Voador segue em seu sexto ano, na noite do dia 1º de março, de volta ao Ilha Shows. Por fim, a Rua da Lama irá fervilhar com o Voa Carnafogueira, o “bloquinho” do projeto Som de Fogueira.

SERVIÇO
BAILE VOADOR FESTIVAL
Esquenta para o Carnaval 2019
DATA
01 de fevereiro de 2019, sexta-feira.
HORÁRIO
A partir das 22h.
LOCAL
ILHA SHOWS – Alameda Ponta Formosa, nº 350, Praia do Canto, Vitória, ES. CEP 29055-810.
ATRAÇÕES
ÁTTOOXXÁ, Mc Pocahontas, BatuQdellas, Los Noronha, Gabriela Brown, Som de Fogueira e projeto Bota Som Oficial. “Live Painting” com Rodrigo Brito.
CLASSIFICAÇÃO
18 anos.
REALIZAÇÃO
Sagui Produções
INGRESSOS
PISTA
LOTE PROMOCIONAL = $30
1º LOTE = $40
2º LOTE = $50
3º LOTE = $60
ÁREA VIP
1º LOTE = $60
2º LOTE = $70
3º LOTE = $80
VENDAS
Site Blueticket (http://bit.ly/baile-voador-festival)
PONTOS DE VENDA
Jaklayne Jóias: Shopping Vitória | Mestre Álvaro | Praia da Costa | Laranjeiras | Campo Grande | Shopping Vila Velha
Soft Modas: Guarapari
Acesso Vip Vitória – Shopping Vitória
X-Ray Lan House – Guarapari
Central de Aviamentos – Av. Vitória
Casa de Bamba – Rua Gama Rosa, Centro, Vitória
Mistura’s Bar – Bairro República
Vam Instrumentos – Av. N. Senhora da Penha
Espírito Cacau – Praia do Canto
Café Bamboo – Praia do Canto
Cabana Classic Surf – Jardim Camburi
Shop Ayala – Shop Norte Sul, Jd Camburi
Estúdio La Tinta – Jardim Camburi
INFORMAÇÕES
bailevoador@gmail.com
NAS REDES SOCIAIS
Instagram.com/bailevoador

0 Comments
Share
aec-debate-mobilidade-urbana-com-prefeitura-de-cariacica

Diretores e conselheiros da Associação Empresarial de Cariacica (AEC) se reuniram, hoje, com equipe técnica da prefeitura de Cariacica para debater sobre o novo Plano de Mobilidade Urbana do Município. Entre eles estavam o Prefeito Juninho, o secretário de Desenvolvimento da Cidade e Meio Ambiente, Cláudio Denícoli, e o presidente da associação, Dácio Ferreira.
A construção do documento é uma determinação do Governo Federal para as cidades brasileiras que ainda não regularam essa atividade. O prazo para entrega é abril deste ano.
Entre as prioridades que demandam interferências, pontuadas pela AEC na elaboração do Plano estão:
·         BRs 101 e 262
·         Rodovia do Contorno
·         Rodovia José Setter
·         Rodovia Leste Oeste e vias de acesso
·         Acesso a Campo Grande
·         Ponte do Camelo
·         Avenidas América, Espírito Santo, Vale do Rio Doce

0 Comments
Share
sofisticacao-na-area-externa

Que eles vieram para ficar não restam dúvidas. Divertidos e práticos, os puffs mudam e ajudam a alegrar o ambiente externo. Exemplo disso são os modelos da Amplio Móveis para Arte Assinada. Revestidos em fibra sintética, possuem proteção U.V. e tecido do assento impermeável. Com várias opções de cores, são puffs que aliam modernidade, design, tecnologia e qualidade.

0 Comments
Share
associativismo-4-0

Entre as expressões mais comuns ouvidas neste início de 2019 como conciliação, renovação e esperança, acrescento uma fundamental para que os desejos dos capixabas sejam realizados: atitude. Afinal, passado o tempo das aspirações, a hora é de arregaçar mangas e ser parte, efetiva, do processo de realizações, para que os sonhos aconteçam.

A necessidade imediata de ação é ainda maior no setor empresarial. Após um ano de desafios e turbulências, é premente a retomada da economia, do acesso ao crédito, de mais investimentos, de consumo. Neste Novo Ano, já impactado pelos novos Governos nos Palácios Alvorada e Anchieta, a recuperação econômica tem sido um dos principais itens da cesta de desejos dos brasileiros.

O fato é que o novo ano já começou e, se desejamos que ele seja diferente, precisamos agir diferente. Há 20 anos atuando no setor empresarial, sei que somente com planejamento, foco e trabalho duro transformamos realidades.

Sei também que juntos somos melhores e fazemos mais. Por isso, para aqueles que querem mudança no ritmo que o mundo impõe, proponho a união, o associativismo ou, como os tempos modernos ditam, a gestão colaborativa.

Modismos à parte, sabemos que a união das empresas em entidades corporativas tem expressiva importância econômica e financeira. Uma das vertentes mais relevantes destas organizações é o suporte que oferecem aos seus filiados para potencializar seus negócios e desenvolver estratégicas competitivas. O associativismo é forte mobilizador para o desenvolvimento, mas muitas vezes é pouco valorizado.

Por isso, a hora é de união com atitude. E não se trata de trabalhar buscando apenas o próprio crescimento, a geração de empregos ou renda. As entidades empresariais sabem que precisam cuidar também de seu entorno, da sua cidade, do seu Estado. Aos seus projetos empresariais, elas unem os trabalhos sociais com interesses públicos diversos. Praticando um associativismo mais moderno, geram melhores resultados econômico e financeiro para muitos, promovem o crescimento em escala, de forma sustentada, reduzem riscos e implementam novas tecnologias.

Somos uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento das empresas e da sociedade. O que precisamos agora é ir além, trocando sinergias e networking, crescendo em rede, criando novos laços. Para isso, é preciso que o setor empresarial capixaba mude o seu “chip” e se dedique a construir com maior eficiência e competitividade para suas empresas e capixabas.

 

Alexandre Schubert, diretor Institucional da Associação Empresarial de Cariacica (AEC)

 

0 Comments
Share
1235