Monthly Archives:agosto 2018

sobrancelhas-perfeitas-dicas-e-truques

Apesar de parecer com pouca importância, as sobrancelhas têm um grande papel na beleza de seu rosto. As sobrancelhas em especial são as responsáveis pelo formato de seu olhar, além de moldurar e levanta-lo. Na busca de sobrancelhas perfeitas, as mulheres precisam de cuidados especiais e tomar atitudes corretas para tal feito. Confira abaixo algumas dicas para conseguir as sobrancelhas perfeitas para você.

sobrancelhas perfeitasFormato do seu Rosto para Sobrancelhas Perfeitas

Para cada tipo de rosto existe um formato ideal. O desenho da sobrancelha deve estar em harmonia com o formato de seu rosto. Respeite esta regra e terá melhores resultados.

Tempo Certo para Tirar os Pelos

Apesar de incomodar, é necessário certa de 15 a 20 dias para tirar os pêlos novamente de suas sobrancelhas, tempo necessário para seu crescimento. A retirada antes deste prazo poderá acarretar em uma inconstância no seu crescimento e afetará seu visual, comprometendo o resultado de suas sobrancelhas perfeitas.

Use Maquiagem para Preencher falhas

O uso de sombras é permitidos no preenchimento de algumas falhas em suas sobrancelhas. É importante seguir o seu formato feito pelo profissional e use a cor mais próxima de suas sobrancelhas. Algumas técnicas podem ajuda-la e tornar o resultado mais duradouro e é necessário o realizar este trabalho com um profissional bem capacitado.

sobrancelhas perfeitasCor do seu Cabelo deverá ser a referência

Utilize dois tons mais escuros que seu cabelo para dar efeito de profundidade no seu rosto. Não deixe as sobrancelhas na mesma cor dos seus cabelos e assim conseguirá esse resultado.

Não Mexa nas Sobrancelhas

Para evitar quedas de pelos e falhas em suas sobrancelhas, é aconselhável não mexer demasiadamente com suas mãos ou rímel, em suas sobrancelhas.

Procure uma empresa especializada em sobrancelhas perfeitas

Fazer por conta própria suas sobrancelhas pode acarretar em grandes problemas, prejudicando seu visual além de outros sérios fatos. Existe várias empresas especializadas nesta área, com profissionais altamente qualificados e cuidadosos, que deixarão você com sobrancelhas perfeitas.

O grande destaque entre essas empresas é a Sobrancelhas Design, rede especializada neste segmento, com mais de 480 lojas especializadas na prestação de serviços de design de sobrancelhas.

Uma destas lojas é a loja situada em Itapuã, Vila Velha. A loja possui parceria com a WelcomePlanet e oferece um desconto especial para clientes, para deixa-las com sobrancelhas perfeitas !

Clique aqui e veja aqui algumas ofertas com desconto exclusivo da Sobrancelhas Design – Unidade Itapuã

 

 

1 Comments
Share
show-de-paulo-ricardo-em-vila-velha

No Show de Paulo Ricardo em Vila Velha, em sua turnê 2018 ‘Sex On The Beach’,  Paulo Ricardo traz para os palcos a sua Nova Banda, comemorando os trinta anos de carreira e cantando todos os seus grandes sucessos, tanto do solo, quanto do RPM.

Na Nova Tour, ‘Sex On The Beach’ em homenagem ao verão do Rio de Janeiro  teremos uma mistura com rocks modernos como “Novo Single”, “Raios-X” e “Anjo e Serpente.”

Repertório de Sucessos Consagrados

Canções como “Imagine”, (única versão autorizada por Yoko Ono), se juntam aos clássicos do RPM, como “Revoluções por Minuto”, “Alvorada Voraz”, “Rádio Pirata”, “London London” e “Olhar 43”. Além disso são lembrados também seus amigos Cazuza em “Exagerado” e Renato Russo em “Tempo Perdido”, tudo isso embalado por muito rock’n’roll e todos os seus grandes sucessos, esse é a Nova Tour de Paulo Ricardo e sua Nova Banda.

A Estréia da nova Tour “Sex On The Beach” foi na virada do Ano Novo em João Pessoa, PB, no Busto de Tamandaré, seguindo para os palcos do Rio de Janeiro no Londra, tradicional bar do Hotel Fasano com 7 (sete) apresentações em Janeiro e Fevereiro de 2018 além de Goiânia, Ubatuba (SP), Imperator (RJ) e outros palcos pelo Brasil a fora.

Parceria com Dado Villa Lobos

Show de Paulo Ricardo em Vila VelhaDe novo em Vila Velha (ES), Paulo Ricardo traz para o palco em junho um convidado muito especial e amigo, Dado Villa Lobos que irá abrilhantar ainda mais o show com os hits do Legião Urbana como Será, Geração Coca Cola, Ainda é Cedo entre outros.

Paulo Ricardo + Nova Banda
Icaro Scagliusi – Guitarra
Rubem Cabrera – Teclado
Marco Costa – Bateria

Classificação: 16 anos

  • Menores de 16 anos terão acesso ao evento somente acompanhados dos pais ou responsável.

Show de Paulo Ricardo em Vila Velha – Venda de Ingressos

Os ingressos para ver o Show de Paulo Ricardo em Vila Velha com descontos exclusivo (50% OFF) para clientes do Clube de Vantagens podem ser adquiridos diretamente na seção CLUBE de nosso site (clique aqui).

Evento: Show de Paulo Ricardo em Vila Velha
Data: 22/09/2018
Local: Area de Eventos (Shopping Vila Velha)
Ingressos: Clientes do clube de vantagens tem desconto de 50% sobre os valores acima citados – compre aqui
0 Comments
Share
problemas-com-seu-pet-no-inverno



Todos nós somos afetados pelo frio e com os pets não é diferente. É preciso muita atenção e cuidados especiais para evitar problemas com seu pet no inverno.

Em geral, cães e gatos demonstram estar sentindo frio quando tremem, diminuem o ritmo respiratório, ficam mais lentos e cansados, sono excessivo, pele e mucosas secas. Por causa da dificuldade em regular a temperatura através dos mecanismos naturais do corpo, no inverno é importante ter cuidados especiais com o seu pet, principalmente: filhotes, cães e gatos sênior, raças de pequeno porte, cães e gatos com pouco pelo.

Cuidados Especiais com seu petSegundo a Médica Veterinária Amanda Gonçalves Borsoi, é importante estar atento no comportamento do pet e observar caso o animal apresente qualquer alteração no quadro de saúde. A primeira orientação é sobre a carteirinha de vacinação dos pets, que devem estar em dia.

“Com a queda de temperatura algumas doenças virais ficam em maior evidencia, como por exemplo a Gripe Canina”, alerta Amanda.

ATENÇÃO E CUIDADOS ESPECIAIS PARA EVITAR PROBLEMAS COM SEU PET NO INVERNO

DORES DE OUVIDO – Evite janela de carro para passeio

cuidados especiais com seu petAs dores de ouvido são problemas com seu pet no inverno. É bastante comum cães e gatos terem dor de ouvido, conforme explica Amanda. Mas alguns cuidados básicos podem ajudar a prevenir. “Procurar sempre um veterinário de confiança, evitar janela de carro para passeio, manter o animal sempre aquecido, cuidar com banho sem proteção no ouvido, secar bem o pet após o banho, com uma toalha bem sequinha”, orienta a veterinária.

ÁGUA GELADA NEM PENSAR – Mantenha seu animal aquecido

Cuidados Especiais com o seu petAssim como a vacinação, a higiene do animal também precisa estar em dia, mas com alguns cuidados. Água gelada, por exemplo, nem pensar. “É importante sempre deixar o cão ou o gato aquecido, não expor o animal a baixa temperatura, sempre secá-lo, usando uma toalha que não esteja molhada”, diz a Médica Veterinária.

MANTENHA PELE E PELOS HIDRATADOS – evite ressacamento

Cuidados Especiais com seu petA pele e o pelo de cães e gatos podem ressecar durante o Inverno, por isso, ela aconselha a hidratação principalmente para os mais peludos. “A hidratação ajuda, inclusive, a deixar os fios mais sedosos e menos ressacados”, pontua.

ROUPAS PARA SEU PET – Além da estética é sinônimo de cuidado

problemas com seu pet no invernoCaminhas e roupinhas não são frescura e vão além da estética. “Por mais que os animais possuam sistema próprio de termorregulação, as temperaturas caem muito durante a noite e é importante que eles tenham um espaço quentinho para dormir e uma roupinha para aquecer”, explica a veterinária.

 

 

Lojas especializada ajudam nos cuidados especiais com seu pet

Na Grande Vitória é muito fácil encontrar lojas especializadas em animais de estimação, as chamadas Pet Shops. Mas é necessário muito cuidado ao escolher a loja mais adequada, pois nem todas oferecem produtos de boa qualidade e banhos com água morna.

A WelcomeGroup se preocupa com cuidados especiais com seu pet e está fazendo parcerias com vários pet shops e até mesmo hospitais especializados em animais de estimação, para proporcionar a seus clientes produtos e serviços de alta qualidade, principalmente com descontos exclusivos.

Em nosso clube, na seção PET SHOP você irá encontrar excelentes ofertas com descontos exclusivos, com destaque para a loja MY PET, localizada em no bairro Itapuã, em Vila Velha.


0 Comments
Share
coquetel-clube-especial-nutre

O casal de empresários Sandro e Carla Rizzato lançaram recentemente o Clube Especial Nutre, reunindo amigos e clientes em um delicioso coquetel no Shopping Praia da Costa.

clube especial nutreO evento ocorreu no espaço CASA + FAMILIA, programa comandado pelo apresentador Fabrício Fabre. A musica ambiente ficou por conta de Jéssina Mallmann  e o buffet ficou por conta de Michele Marques da Leve Food.

Clique aqui e conheça mais sobre o Clube Especial Nutre.

Veja abaixo algumas fotos do evento:

[foogallery id=”5671″]

0 Comments
Share
transporte-aereo-internacional

De algumas décadas para cá o mundo assistiu à intensificação de questões contratuais e de consumo relacionadas ao transporte aéreo internacional.

Para se ter uma ideia da dimensão e da capacidade de geração de conflitos deste setor, basta sabermos que em 2016, foram vendidas quase 4 bilhões de passagens em todo mundo, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). E o segmento segue em pleno crescimento.

Os conflitos mais comuns e que abordaremos aqui são:

  1. Extravio de bagagem
  2. Atraso na entrega de encomendas
  3. Atraso de voos

Indenização por extravio de bagagem no transporte aéreo internacional

Dano Material

A aplicação do direito referente ao dano material no caso de extravio de bagagem nos transporte aéreo internacional se encontra pacificado. Conflitos relativos a relação de consumo em transporte internacional de passageiros, devem ser resolvidos segundo as regras estabelecidas nas convenções internacionais que tratam do assunto, como as CONVENÇÕES DE VARSÓVIA E MONTREAL e não pelo Código de Defesa do Consumidor.

Foi assim que o Supremo Tribunal Federal definiu em recente Recurso Extraordinário, com repercussão geral. Por maioria de votos, decidiu que os conflitos que envolvem extravios de bagagem e prazos prescricionais, ligados à relação de consumo em transporte aéreo internacional de passageiros, devem ser resolvidos pelas regras estabelecidas pelas convenções internacionais sobre a matéria, ratificadas pelo Brasil.

A tese aprovada diz que “por força do artigo 178 da Constituição Federal, as normas e tratados internacionais limitadoras da responsabilidade das transportadoras aéreas de passageiros, especialmente as Convenções de Varsóvia e Montreal, têm prevalência em relação ao Código de Defesa do Consumidor.

transporte aéreo internacional“É aplicável o limite indenizatório estabelecido na Convenção de Varsóvia e demais acordos internacionais subscritos pelo Brasil, em relação às condenações por dano material decorrente de extravio de bagagem, em voos internacionais” frisou o relator, Ministro Gilmar Mendes em seu voto.

A Convenção de Varsóvia prevê limite indenizatório para o transporte aéreo internacional de pessoas à quantia de 250 mil francos, podendo, mediante acordo, ser fixado limite mais elevado. Em se tratando de limite indenizatório para o transporte de bagagens, a previsão é de 250 francos por quilo.

Já a Convenção de Montreal desvinculou a quantia a ser indenizada tendo como parâmetro o peso da bagagem, fixando limite de Mil Direitos Especiais de Saques, a não ser que o passageiro, haja feito, ao entregar a bagagem, uma declaração especial de valor e tenha pago quantia suplementar. Ou seja, caso seja uma bagagem especial e valiosa, a recomendação é que seja feito o seguro junto a companhia aérea.

Para que o passageiro peça indenização pelo extravio da bagagem no transporte aéreo internacional, a companhia aérea tem que reconhecer que houve o extravio ou então tem que passar 21 (vinte e um) dias da data que a bagagem deveria ter chegado, o que ocorre na data do pouso do avião em que está o passageiro, em regra.

Fazendo a conversão, temos que Mil Direitos Especiais de Saque representam atualmente o  valor de indenização limite de R$ 5.153,00 (cinco mil, cento e cinquenta e três reais)

Danos Morais

O instituto jurídico do dano moral ou extrapatrimonial tem três funções básicas: compensar alguém em razão de lesão cometida por outrem à sua esfera personalíssima, punir o agente causado do dano, e, por último, dissuadir e/ou prevenir nova prática do mesmo tipo de evento danoso. Essa prevenção ocorre tanto de maneira pontual em relação ao agente lesante, como também de forma ampla para a sociedade como um todo.

Uma das funções é dirigida a pessoa que sofreu o dano; a outra atinge o responsável pela ocorrência do dano e a última dispõe que tanto o responsável pelo evento danoso não deve repeti-lo como também a sociedade, razão pela qual esta também é denominada de pedagógica ou educativa. Em síntese, as funções do dano extra patrimonial podem ser representadas por três verbos: compensar, punir e dissuadir.

Temos que considerar portanto que o valor de indenização por perda, furto ou extravio de bagagem no transporte aéreo internacional, de acordo com o entendimento proferido pelo STF, privilegiando as Convenções Internacionais, incide sobre o Dano Material (perdas e danos) não excluindo o direito de reparação aos Danos Morais inerentes ao caso.

Como se vê, a Convenção de Montreal, ao proibir apenas as perdas e danos punitivas, e não os danos morais, deixa ao juiz abertos os critérios para a responsabilidade por danos morais, exigindo o diálogo das fontes, inclusive com o Código de Defesa do Consumidor, para a proteção dos viajantes.

É óbvio que quando falamos em extravio de bagagem no transporte aéreo internacional e possíveis indenizações por dano moral, temos que diferenciar caso a caso. Há pequenos extravios que ocorrem no dia a dia das companhias aéreas que rapidamente são contornados e em poucas horas as bagagens são entregues na residência ou no hotel do viajante.

Mas há casos em que o extravio demora muitos dias a ser restituído e as vezes o viajante passa todo o período de sua viagem sem os seus pertences, não raro tem que comprar novas roupas e itens pessoais no exterior para poder seguir sua programação.

Casos concretos

Recentemente atendemos alguns jovens em intercâmbio cultural , que ao chegarem no inverno de Londres, na Inglaterra, foram surpreendidos por esta questão. Eles ficaram 19 dias sem as suas bagagens, extraviadas pela companhia aérea. Neste caso, não tratou-se de mero dissabor ou transtorno, mas sofrimento e constrangimento relevantes impostos aos estudantes pela falha do serviço e também pela falta de assistência material e financeira companhia aérea em relação ao grupo.

Imaginemos a cena em que um jovem estudante se vê apenas com a roupa do corpo e tem obrigatoriamente que comprar novas roupas e objetos pessoais ao chegar em outro país. Considerando que a compra foi uma imposição para o prosseguimento da viagem, é evidente a obrigação de indenizar pelos gastos indesejados e o constrangimento sofrido.

No decorrer do processo a companhia aérea reconheceu a sua falha e pagou indenização a cada um dos lesados, com acordo homologado em juízo.

Concluindo, os Tribunais vem decidindo que em casos de imprevistos desta gravidade, com a ocorrência de transtornos graves (não o mero aborrecimento), por culpa exclusiva da companhia aérea, há direito à indenização por danos morais e não é necessário que os valores estejam contidos na limitação prevista pela Convenção de Montreal.

Extravios de cargas no transporte aéreo internacional

transporte aéreo internacional

Recentemente, em 2017, uma companhia de seguros acionou uma companhia aérea, em razão de uma carga extraviada no transporte aéreo internacional.  A empresa deveria trazer uma mercadoria de propriedade de uma empresa dos EUA para o aeroporto de Guarulhos (SP). A mercadoria foi despachada em perfeito estado, porém, no Brasil, foi constatada a ausência da carga. A seguradora indenizou a proprietária em pouco mais de R$ 36 mil.

Com a intenção de receber da companhia aérea o valor integral da mercadoria, a seguradora invocou a incidência do CDC e alegou que a responsabilidade do transportador é objetiva, não cabendo limitação da indenização por força da Convenção de Montreal.

A sentença decidiu que os danos deveriam ser fixados de acordo com a Convenção de Montreal, levando em consideração o peso da mercadoria. Entendeu que a proprietária não era destinatária final do produto importado, pois o utilizaria para giro dos seus negócios e posterior fornecimento ao mercado, não sendo aplicável o CDC, até mesmo porque o Código Civil estabeleceu que deve ser aplicada a legislação especial e de tratados e convenções aos casos da espécie.

O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a sentença, porém examinando o caso sob a ótica do Código Civil e entendendo que a Convenção de Montreal deveria ser aplicada apenas subsidiariamente. O colegiado paulista apurou que a segurada optou por não declarar o valor do bem objeto do contrato de transporte aéreo internacional, e assim assumiu o risco de não ser ressarcida integralmente em caso de extravio.

transporte aéreo internacionalJá no STJ, o ministro Salomão citou precedente do Supremo Tribunal Federal, julgado com repercussão geral, que estabeleceu que, à luz do artigo 178 da Constituição Federal, as normas e os tratados internacionais devem ser aplicados às questões envolvendo transporte internacional, seja de pessoas ou coisas, especialmente as Convenções de Varsóvia e Montreal.

Nesse sentido, o ministro manteve o acórdão do tribunal paulista, porém entendendo que a Convenção de Montreal não deve ser aplicada de forma subsidiária, mas prevalente, mesmo porque a indenização fixada na sentença e mantida pelo TJ-SP se baseou no artigo 22 da convenção, que estabelece valor indenizatório por quilo de mercadoria extraviada no transporte aéreo internacional.

Atraso de voos no transporte aéreo internacional

Nos atrasos de voos internacionais o valor da indenização deverá obedecer a mesma lógica do dano moral. Sabemos que há pequenos atrasos de voos que provocam mero dissabor e grandes atrasos, causadores de relevantes transtornos, perdas de compromisso, necessidade de deslocamento a hotéis e gastos com estadas e refeições. Há que se avaliar o caso.

Conforme já vimos, a discussão sobre a aplicação da Convenção de Montreal em detrimento do Código de Defesa do Consumidor, nos casos de falha na prestação de serviços aéreos internacionais, tomou maior notoriedade com o julgamento pelo STF. Com o referido julgamento, o STF entendeu que as Convenções internacionais possuem prevalência sobre o Código de Defesa do Consumidor, sendo julgado da seguinte forma.

Ocorre, que o ressarcimento pelos danos morais possui previsão no artigo 5º da Constituição da República, sendo considerado uma cláusula pétrea, portanto imutável. Vale ressaltar que a convenção de Montreal possui status de Lei, portanto deve respeitar os preceitos constitucionais.

Ademais, embora a convenção de Montreal não preveja o direito à reparação por danos morais, também não o veda, sendo que o mesmo é tratado no direito pátrio como uma compensação à parte lesada pelos constrangimentos, abalos e humilhações sofridas. Portanto plenamente viável a reparação ao consumidor.

Desse modo, vislumbro a possibilidade de se condenar a empresa aérea, na hipótese de voo internacional, por atraso de voo, pelo fato de configurar, em tese, ofensa aos direitos da personalidade, cujas situações geram sentimento de desconforto, de constrangimento, aborrecimento e humilhação ao passageiro.

Em caso de atraso de voo internacional, o limite total de indenização pela Convenção de Montreal equivale a 4.150 Direitos Especiais de Saque,  que  equivale a R$ 18.717,08. O valor é determinado subjetivamente em razão da gravidade do fato.

Alguns valores limites das convenções internacionais utilizadas como parâmetros de valores de indenização no transporte aéreo internacional:

Convenção de Varsóvia


250 mil francos equivalem a 17.000 Direitos Especiais de Saque que, por sua vez, equivalem a R$ 77.092,58. Este é o limite indenizatório em caso de danos ao passageiro.

250 francos equivalem a 17 Direitos Especiais de Saque que, por sua vez, equivalem a R$ 76,82 Este é o limite indenizatório, por quilo, em caso de danos às bagagens de cada passageiro.

Convenção de Montreal

Em caso de danos a bagagem no transporte aéreo internacional, o valor limite pela Convenção de Montreal é 1.000 Direitos Especiais de Saque, que equivalem hoje a  aproximadamente  R$ 5.153,00 ( cinco mil, cento e cinquenta e três reais). Este é o limite total de indenização e não possui vinculação com o peso.

100.000 Direitos Especiais de Saque equivalem a R$ 451.105,83. Este é o limite total de indenização em caso de morte.

Em caso de atraso de voo internacional, o limite total de indenização pela Convenção equivale a 4.150 Direitos Especiais de Saque,  que  equivale a R$ 18.717,08.




Dicas

Caso ocorra com você algum dos eventos narrados, é importante manter a calma e se munir de provas e documentos para pleitear futura indenização.

  • transporte aéreo internacionalFazer o registro no balcão da companhia aérea e do aeroporto, guardando os protocolos das reclamações.
  • Registrar todos os contatos via e-mail e protocolos de atendimento.
  • Notas fiscais de roupas e objetos que foi obrigado a comprar em razão do extravio da bagagem, nota fiscal do hotel e despesas com alimentação e traslado em razão do atraso de voo.
  • Guardar a etiqueta de recibo da bagagem na origem. documento de envio da carga e nota fiscal da mercadoria.
  • Em caso de conteúdo valioso da bagagem ou carga vale a pena fazer o registro apartado na companhia, pagando um valor adicional pelo seguro.

Quanto mais comprovado estiver o fato relacionado a extravio de bagagem, de carga e atraso de voo, maiores serão as chances de indenização.

Atenção:

O prazo para ajuizar a ação de indenização em casos relacionados ao transporte aéreo internacional é de dois anos, e não de cinco anos, como está previsto no CDC, consoante determinam a Convenção de Montreal e a Convenção de Varsóvia.

Conclusão

O fato é que a padronização referente a utilização das Convenções de Montreal e de Varsóvia em questões relacionadas aos voos internacionais acaba por evitar discussões judiciais desnecessárias e onerosas, principalmente aquelas que ocorriam devido à ausência de parâmetro quanto ao valor das indenizações, como acontecia antes de 2017.

Conforme vimos, os limites de indenização por danos materiais em decorrência de atrasos, extravio ou danos a bagagem e cargas no transporte aéreo internacional são “tarifados” em valores que atualmente não ultrapassam 5 mil euros (atraso na viagem) e 1.200 euros (extravio, dano e atraso da bagagem) por passageiro. Já no CDC prevalece o princípio da ampla reparação, desde que o consumidor consiga provar o tamanho do prejuízo.

Outro detalhe a ser ficar atento é que o prazo prescricional para a propositura da ação judicial na Convenção de Montreal é de dois anos, a contar da chegada da aeronave. Já o CDC prevê um prazo genérico de prescrição de cinco anos a partir do conhecimento do dano e de sua autoria.

Numa indústria tão globalizada quanto a viação internacional é razoável e producente que as normas e leis sejam comuns aos consumidores e aos prestadores do serviço.

Espero que tenham gostado das informações sobre os principais conflitos contratuais e de consumo relacionado ao transporte aéreo internacional. Estaremos abordando assuntos interessantes aqui na WelcomePlanet.

Até a próxima!

Hugo Gaspar

Advogado no escritório João Alexandre de Vasconcellos Advogados Associados, especialista em Relações de Consumo e Direito bancário.

Colaborador do site: clientebrasil.com.br

hugogaspar@javadvogados.com

 

 

 


 

Fonte:

 

[1] BARBOSA, Fernanda Nunes. Informação: direito e dever nas relações de consumo. São Paulo: RT, 2009, p. 85.
[2] SOUZA NETO, Cláudio P.; SARMENTO, Daniel. Direito Constitucional: teoria, história e métodos de trabalho. 2. ed. Belo Horizonte: Fórum, 2014, p. 44.
[3] CACHARD, Olivier. Le transport international aérien des passagers. Haye: LPRecueils de Cours, 2015, p. 21.
[4] CACHARD, Olivier. Le transport international aérien des passagers. Haye: LPRecueils de Cours, 2015, p.111.
[5] CACHARD, Olivier. Le transport international aérien des passagers. Haye: LPRecueils de Cours, 2015, p. 107.
[6] CACHARD, Olivier. Le transport international aérien des passagers. Haye: LPRecueils de Cours, 2015, p. 60.
[7] CACHARD, Olivier. Le transport international aérien des passagers. Haye: LPRecueils de Cours, 2015, p. 176 et seq.
[8] SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos direitos fundamentais. 2. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2001, p. 31-33.
[9] SILVA, José Afonso. Curso de Direito Constitucional Positivo. São Paulo: ed. Malheiros, 2003, p. 763.
[10] SOUZA, Washington Peluso Albino de. A experiência brasileira na Constituição econômica. Revista de Informação Legislativa. Brasília, n. 102, pp. 29-32, abr./jul., 1989, p. 29.
[11] MIRAGEM, Bruno Barbosa. Curso de Direito do Consumidor. 2. ed. São Paulo: RT, 2010, p. 45.
[12] FONSECA, João Bosco Leopoldino da. Direito Econômico. 7. Ed. Rio de Janeiro: Forense, 2014, p. 95.
[13] Cf. MARQUES, Cláudia Lima. O “diálogo das fontes” como método da nova teoria geral do direito: um tributo à Erik Jayme. In: MARQUES, Cláudia Lima. Diálogo das Fontes: do conflito à coordenação de normas do Direito brasileiro. São Paulo: RT, 2012; MARQUES, Claudia Lima. Diálogo entre o Código de Defesa do Consumidor e o novo Código Civil: do ‘diálogo das fontes’ no combate às clausulas abusivas. Revista de Direito do Consumidor, São Paulo, n. 45, pp. 70-99, jan./mar. 2003.
[14] MENDES, Gilmar Ferreira. Direitos Fundamentais e Controle de Constitucionalidade. São Paulo: Celso Bastos, 1998, p. 92.
[15] SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos direitos fundamentais. 2. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2001, passim.
[16] ALEXY, Robert. Teoria dos Direitos Fundamentais. Trad. de Virgílio Afonso da Silva. São Paulo: Malheiros, 2008, p. 90-91.
[17] CACHARD, Olivier. Le transport international aérien des passagers. Haye: LPRecueils de Cours, 2015, p. 105.
meusitejuridico.com.br, por Rodrigo Foureaux

0 Comments
Share
seja-um-bom-vendedor

Ser bom vendedor é um dom?

Temos o mau hábito de achar que vendas é uma ciência exata. Engana-se. O processo de venda está além do aperfeiçoamento intelectual, está também ligado ao comportamento humano.

bom vendedorJá está provado que máquinas ajudam a não perder dinheiro. Mas são as pessoas que podem com sua capacidade criativa MULTIPLICAR O GANHO. Profissionais comuns terão resultados comuns. Bons profissionais terão bons resultados e profissionais extraordinários terão resultados extraordinários. Parece simples não é?

Não demora muito tempo para perceber que se não estamos em sinergia com nossa vontade de aprender, conhecimento do produto ou serviço, disposição física e mental para garantir a execução e pessoas 100% conectadas e felizes com ato de vender, qualquer esforço será mera disposição para fazer resultados.

Tudo depende de voce para ser um bom vendedor

Você é o único responsável pelo seu resultado, precisa em primeiro lugar começar a exercitar e alimentar sua mente e seu corpo. Sua mente precisa estar preparada para enfrentar desafios e pressões muito grandes, cobranças internas e externas. Então leia muito e foque naquilo que te dê segurança. Monte guarda na sua mente. Seu corpo precisa estar forte, então comece a fazer exercícios físicos, porque não adianta estar com a mente fortalecida, mas sem disposição para enfrentar um dia de luta no campo de batalha do mercado.

Errado achar que o bom vendedor nasceu pronto. Existem, aqueles que se identificam mais e os que se identificam menos. Mas todos têm a capacidade de aprender.

Já parou para pensar o que você vende no seu dia a dia? E seus resultados? Você se acha um bom vendedor?

Não gosto do jargão que diz que vender é uma arte. Vender é fruto do quanto você quer despender energia para conseguir algo. E isso não é o cenário que define, é você.

 

2 Comments
Share
turma-do-balao-magico

A Turma do Balão Mágico foi o maior fenômeno fonográfico para crianças dos anos 80. Lembrados até os dias atuais, Simony, Tob e Mike, em sua primeira formação (1982/ 83), e, posteriormente, Jairzinho, o integrante mais novo do Balão (1984/ 86), gravaram cinco discos pela gravadora CBS (atual Sony Music), que bateram a marca de 12 milhões de cópias vendidas.

Nas participações especiais, grandes nomes da MPB: Roberto e Erasmo Carlos, Djavan, Baby & Pepeu, Fábio Jr, Moraes Moreira, Jane Duboc, Simone, Léo Jayme, os grupos pop adolescentes, Metrô e Dominó, além dos irreverentes personagens Fofão e Cascatinha.

O sucesso da Turma do Balão Mágico foi tamanho, que a TV Globo os contratou para a realização de um programa diário, que começou em março de 1983. Durante todo esse ano, o carisma de Simony, e do personagem Fofão, alegravam as manhãs da criançada. Os outros integrantes entraram para a atração em 1984, permanecendo até o final, em junho de 1986.

Com 4 CDs lançados entre os anos de 1991 a 2002, um DVD com os melhores clips também em 2002, que bateu a marca de 200 mil cópias vendidas, o grupo ganhou um box especial pela Sony, com o relançamento dos três primeiros LPs em CD.

Em 2018, o grupo completa 35 anos de lançamento. Para celebrar a data com pompa e circunstância, a famosa Turma pretende se reencontrar no palco, para a realização de um grande show, que será apresentado nas maiores capitais do país, durante 01 ano.

Quem viveu essa época MÁGICA, relembrará! Quem não viveu, terá a chance de ver de perto essa turminha que, não por acaso, é SUPERFANTÁSTICA!

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=NGYoM6rv8FE[/embedyt]

Show da Turma do Balão Mágico – Venda de Ingressos

Os ingressos para ver o show da Turma do Balão Mágico com descontos exclusivo (50% OFF) para clientes do Clube de Vantagens podem ser adquiridos diretamente na seção CLUBE de nosso site (clique aqui).

Evento: Show da Turma do Balão Mágico
Data: 10/11/2018
Local: Area de Eventos (Shopping Vila Velha)
Ingressos: Clientes do clube de vantagens tem desconto de 50% sobre os valores acima citados – compre aqui

 

Classificação: Livre

  • Todas as idades podem acessar o evento
  • Menores e 12 anos terão acesso ao evento somente acompanhado dos pais ou responsável
  • Menores entre 0 a 24 meses (2 anos) não pagam ingresso, desde que assistam ao show ou espetáculo no colo do responsável.
0 Comments
Share
coquetel-de-inauguracao-advwork

Aconteceu no ultimo dia 16 de Agosto o coquetel de inauguração do AdvWork, um espaço para co-working localizado em Vitória(ES) – clique aqui e saiba mais sobre a empresa.

Os afitriões, Dr. Luis Otavio Lara e Dra. Luana Oliveira Lara receberam amigos e colegas da profissão para o agradável coquetel de lançamento de seu novo empreendimento.

Veja abaixo algumas fotos do evento:

[foogallery id=”5609″]

0 Comments
Share
banho-e-tosa-dicas-super-valiosas

Seu pet pode achar assustador uma visita a um petshop para um banho e tosa. Cheiros estranhos, barulhos desconhecidos e presença de outros animais podem ser incômodos para seu animal de estimação.

Se o seu animal de estimação for um gato, isso tudo pode ser ainda um pouco mais estressante, pois são mais sensíveis com a quebra de rotina.

Veja abaixo algumas dicas que irão lhe ajudar a lidar com a primeira visita ao pet shop para um banho e tosa.

Encontre um profissional ideal para o Banho e Tosa

Primeiramente a busca de uma empresa que possua um profissional que saiba fazer um bom atendimento, que tire suas dúvidas, que lhe dê boas dicas sobre os procedimento que você deve adotar com seu pet em casa. Isso se assemelha bastante com a busca de um salão de beleza que cuidará de seus cabelos, não é mesmo?

O profissional que irá cuidar de seu pet precisa deixar seu animal confortável e relaxado durante o procedimento de banho e tosa. Esse cuidado é importante para que seu pet possa se sentir à vontade e não dê trabalho nas proximas visitas. Será fácil perceber que você achou o local ideal já na segunda vez que levar seu animalzinho ao salão.

Geralmente dicas de amigos que frequentam pet shops são valiosas. Além pedir opnião para seus amigos que conhecem os serviços, faça uma visita ao pet shop antes de realizar a contratação e veja cuidadosamente as instalações. Conheça os funcionários, estrutura do local.

Verifique os serviços oferecidos

Os pet shops atualmente copiam bastante os salões de beleza que costumamos frequentar. Os serviços estão cada vez mais caprichados e costumam vir com surpresas adicionais, além de um simples banho e tosa.

Os animais possuem diferentes tipo de pelagem e com isso é importante a escolha de shampoos e condicionadores de acordo com cada um. A maioria banho e tosados pet shops também oferecem serviços mais completos como manicure, limpeza das orelhas, dentes e limpeza mais cuidadosa das regiões íntimas.

Verifique também com o profissional sobre a tosa ideal para a raça de seu animal, no caso de cachorros. Faça escolha pelos padrões da raça, seguindo a estação do ano e suas rotinas.

Prepare seu pet em casa

Em casa, já acostume seu pet a ser manipulado e cuidado. Brinque com ele fazendo carinho no seu queixo, escove sua pelagem, brinque com suas patas, orelhas. Mostre-o que é divertido e relaxante ser manuseado.

Cães adultos podem sentir mais dificuldade em se acostumar, mas tenha paciência que logo logo se adptam.

Banho e tosa em gatos

banho e tosaTodos sabem que cães e gatos quando se encontram podem causar um desconforto tanto em um quanto em outro. É muito importante considerar esta questão quando o seu animal de estimação é um gato.

De acordo com a personalidade, seu gato pode se estressar facilmente e tornar-se até mesmo muito agressivo. Verifique, neste caso, se no local há areas isoladas para abrigar seu felino, antes de contratar o serviço.

 

Muita atenção no momento de buscar o seu pet

Quando voce colocar seus pés no pet shop, seu animalzinho já irá sentir que você chegou, mesmo não lhe vendo. A ansiedade e felicidade tomará conta e estará doido para lhe encontrar.

Mas não deixe de conversar sobre o profissional sobre a experiência e preste atenção nas recomendações que ele lhe dará.

Ofertas e descontos especiais em excelentes pet shops

banho e tosaA WelcomePlanet possui parcerias com alguns pet shops renomados e recomendados. Voce poderá fazer uma excelente economia escolhendo um de nossos parceiros.

Além de ofertas de banho e tosa, você poderá encontrar ofertas de clínicas especializadas e muitos produtos/serviços.

As ofertas poderão ser pagas com seu cartão de crédido preferido, parcelado em até 12x iguais.

clique aqui e veja algumas ofertas com mais de 40% de desconto !!!

0 Comments
Share
vantagens-das-unhas-de-gel

As unhas de gel não danificam as unhas naturais e são ideais para quem possui unhas fracas e quebradiças. Não fazem mal a saúde quando são bem aplicadas e por profissionais competentes. Inclusive funciona como uma proteção para quem costuma roer as unhas, tornando uma solução para este problema.

Devido ao crescimento das unhas, após 3 a 5 semanas é recomendado ir ao salão para realizar uma manutenção das unhas de gel.

O procedimento para aplicação das unhas de gel é simples: Primeiramente aplica-se uma camada de gel próprio para unhas sobre a unha original e depois coloca-se as mãos num pequeno aparelho que emite luz ultra violeta. Após secar, pode ser feito a pintura das unhas em gel de qualquer cor.

Prós e Contras das unhas de gel

unhas de gelUma das grandes vantagens em usar unhas de gel é que torna as mãos mais bonitas e elegantes. Voce estará sempre pronta para momentos especiais. O principal destaque é que muito dificilmente os esmaltes das unhas saem. Nem mesmo os tradicionais removedores conseguem retirar sua cor, duranto aproximadamente de 3 a 5 semanas.

O incoveniente é que será necessário realizar manutenção periódica (mensal), pois as unhas crescem e é preciso fazer a recolocação do gel na raiz da unhas. Outro fator que deve levar em consideração é o tamanho da unhas em gel, pois quando muito compridas, torna-se dificil a realização de algumas tarefas.

Procedimentos para colocar unhas de gel

A primeira coisa a se fazer é lixar e cortar as unhas onde serão aplicados o gel. Após isso, aplica-se o molde onde em cada dedo, sobre as unhas.

Em seguida aplica-se então um gel sobre as unhas, podendo alongá-las ou não, e volta a lixar com o formato que se deseja: arredondadas, quadradas ou com pontas.

unhas em gelPara secar, deixa-se as mãos expostas por 2 minutos dentro de um pequeno aparelho contendo luz ultra violeta.

Após estarem secas, pode-se então pintar as unhas e aplicar adornos de acordo com o gosto de cada um.

Onde realizar a aplicação de unhas em gel?

Não é recomendado realizar a aplicação das unhas em gel em casa. O mais correto é realizar a aplicação em salões especializados, pois ali se encontram profissionais capacitados para realizaram um excelente trabalho com maior conforto e garantia dos serviços.

Como retirar as unhas de gel

O processo de retirada das unhas em gel é também simples e deve ser realizado por profissionais capacitados, preferencialmente onde o produto foi colocado.

A remoção é feita com produtos próprios e pode ser utilizado o forno de ultra violeta para realizar o serviço com mais facilidade.

A utilização em casa de produtos como acetona, removedor de esmalte, lixando a unha ou com uma espátula é contraindicado porque pode prejudicar a saúde das unhas podendo até mesmo machucar a pele em volta da unha e a unha pode quebrar ou ficar muito fraca.


 OFERTAS PARA APLICAÇÃO DE UNHAS DE GEL

Adquira agora o serviço de Unhas em Gel, em um dos melhores salões de beleza especializados do Estado: Unhas Design

De: R$180,00

POR APENAS: R$ 159,90 (parcelado em até 12x no cartão de crédito)

COMPRAR AGORA

 

0 Comments
Share
12